Faz tanto tempo.

Amor, faz tanto tempo.

Acho que não lembro mais do teu rosto e nem da tua voz.

É engraçado, porque – às vezes – ainda sonho que está do meu lado.

Mas, na verdade, não é tu.

É alguém que eu desejava que tu tivesse sido sempre.

Aquele alguém que tu era – que nós éramos – lá no início.

Porque o que dá saudade mesmo é o passado.

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s