Garoa.

​Em São Paulo sonho todas as dúvidas que deixei em Porto Alegre. 

O que eu não tinha certeza virou saudade. Do cheiro, do toque, do sorriso. O jeito manso de ir entrando na minha vida, abrindo todas as portas e janelas que eu achava que estavam fechadas.

A garoa paulistana me fez notar que tenho um sol que brota flores no meu peito e fazem borboletas voarem pelo meu estômago.

Conta os dias que logo eu chego. Que logo entrelaço minha mão na tua.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s