Palavras.

Sou apaixonada por palavras. Até mesmo as não ditas. Aquelas faladas pelo olhar.

Não me importaria de ouvir o que for dito por ti.

Seja agora, seja mais tarde.

Mas que seja doce.

De amargo basta as mal entendidas. As inventadas. As esperadas.

Ainda que palavras sozinhas não digam nada.