Máquina do Tempo.

Ela sabe que com o tempo passa.
Mas não queria que o relógio andasse.

Pede para voltar para o começo.
Quando tudo era mais simples e sem tanta complicação.

Volta, menino.
Vem outra vez passar a noite por aqui.
Vem ver TV, o pessoal tá nadando.
Talvez a gente ganhe uma medalha.

Tá nas tuas mãos.
Só decide logo.

Advertisements

Simples

Quanto tempo a gente pode demorar para gostar de algo?

Eu quando vejo alguma coisa sei logo se gosto dela ou não. Não fico analisando mil variáveis. É tão simples: gostei ou não.

Ok, posso gostar e depois desgostar, mas também não demoro para saber se aquilo já não mais me interessa.

A vida é tão simples, não entendo porque a gente complica as coisas. É quero, não quero. Posso, não posso. Desejo, não desejo. Gosto, não gosto. Amo… e assim por diante.

Analisar variáveis é adulto demais e, no amor e nos sonhos, fazer análises é perder tempo com algo que só vai atrasar nossa felicidade – individual ou conjunta. 

Chega de “blá-blá-blá”.

Quem sabe a gente simplifica?